Notícias

Maior espaço para filhos de PMs em escolas militares é questionado no RJ

O anúncio da abertura de duas novas escolas militares no estado do Rio de Janeiro, feito na última terça-feira (15) pela Secretaria Estadual de Educação, tem gerado debate em relação ao percentual de vagas que deve ser destinado a filhos de policiais, bombeiros e integrantes das Forças Armadas nessas unidades e à metodologia de ensino que será aplicada. Especialistas em educação ponderam que cotas sociais de inclusão são diferentes de reserva de vagas que atendem a categorias específicas. De acordo com o secretário de Educação, Pedro Fernandes, as duas unidades serão administradas pelo Corpo de Bombeiros e devem ser alocadas em municípios do sul fluminense --a pasta já confirmou que uma delas será instalada em um colégio desativado em Volta Redonda, enquanto estuda a viabilidade de instalação de outra no município de Miguel Pereira. Editais de seleção de alunos divulgados neste ano para três escolas controladas pela Polícia Militar do Rio fixam em 90% a reserva de vagas para filhos de policiais --atualmente, o estado conta com três escolas militares na rede estadual. Saiba mais no conteúdo no portal UOL Educação clicando aqui: https://educacao.uol.com.br/noticias/2019/01/17/maior-espaco-para-filhos-de-pms-em-escolas-militares-e-questionado-no-rio.htm Foto: Divulgação/Colégio Militar do Rio de Janeiro