Notícias

Confederação dos Trabalhadores em Educação lança carta contra agenda de retrocessos de Bolsonaro

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lançou nesta quarta-feira (9) uma carta aberta direcionada a toda sociedade denunciando os retrocessos na agenda social do país. “Com seu discurso falacioso de combate ao socialismo, à ideologia de gênero a à doutrinação marxista escolar, o presidente recém-empossado tentar criar um inimigo comum para a sociedade – o professor”, diz o documento.

No texto, a CNTE defende que a educação e o trabalho formam a base de todo projeto de nação soberana, próspera e igualitária, e que esses dois direitos fundamentais, previstos na Constituição Federal de 1988, estão correndo sério risco no governo de Jair Bolsonaro. Com seu discurso falacioso de combate ao socialismo, à ideologia de gênero e à doutrinação marxista escolar, o presidente recém-empossado tenta criar um inimigo comum para a sociedade – o professor – e assim desviar a atenção da população de suas ações que representam o avanço da extrema direita no país. Para ler o documento na íntegra, acesse: https://www.esmaelmorais.com.br/2019/01/confederacao-dos-trabalhadores-em-educacao-lanca-carta-contra-agenda-de-retrocessos-de-bolsonaro/